Conheça Campinas

Categoria: Textos para páginas web Publicado em Segunda, 20 Maio 2013 Escrito por Super User

     Localizada a 96km de São Paulo, Campinas é conhecida como a “Capital do Interior”. Ocupa uma área de 801km² e conta com uma população aproximada de 1 milhão de habitantes por quatro distritos (Joaquim Egídio, Sousas, Barão Geraldo, e Nova Aparecida) e centenas de bairros. Tal vigor econômico e social, trazido em especial pela ampliação de sua população trabalhadora, tem permitido à Campinas constituir-se como um dos pólos da região metropolitana de São Paulo, formada por 19 cidades e uma população estimada em 2,33 milhões de habitantes (6,31% da população do Estado).

     Campinas foi criada em 1774 e a economia de sua região era baseada no plantio da cana e na produção do açúcar. A economia regional passou por diversas transformações em sua estrutura produtiva desde que se inseriu no mercado, no início do século XIX. Atualmente Campinas é um pólo de espaço metropolitano dotado de estrutura produtiva moderna, com alto grau de complexidade e grande riqueza concentrada em seu território. Representa 3% do PIB brasileiro, e é considerada a 5(quinta) cidade brasileira com melhor infra-estrutura e 11 (décima primeira) cidade mais rica do Brasil.

As 7 maravilhas de Campinas

1) Estação Cultura

Cult

A Estação Cultura - Prefeito Antonio da Costa Santos (também conhecida como Estação Central de Campinas ou Estação da Fepasa) é a antiga estação ferroviária central da cidade de Campinas, no interior do estado de São Paulo, Brasil. Inaugurada em 1872, foi tombada como patrimônio histórico e cultural da cidade em 1982.

2) Catedral Metropolitana

Catedral

A Catedral Metropolitana de Campinas, inaugurada em 1883, localiza-se na Praça José Bonifácio - popularmente conhecida como Largo da Catedral, no centro da cidade de Campinas , no interior do estado de São Paulo , Brasil. É dedicada a Nossa Senhora da Conceição . A igreja começou a ser construída em 1807. Sua construção durou mais de seis décadas, com alguns acidentes fatais. A técnica da construção é a da taipa de pilão. O seu interior, em estilo barroco baiano (sem douração) conta com um requintado trabalho de talha de madeira, realizado pelos entalhadores Vitoriano dos Anjos Figueiroa e Bernardino de Sena Reis e Almeida. No projeto como um todo, inclusas as fachadas em estilo neoclássico, houve a participação de vários arquitetos, dentre os quais Francisco de Paula Ramos de Azevedo, que concluiu as obras. A Catedral Metropolitana de Campinas é tombada pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (CONDEPHAAT) e pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Campinas (CONDEPACC). O edifício é tido como o maior no mundo construído em taipa de pilão, com seus 4.000 m²,  e também um dos mais altos.

 

3) Parque Portugal

Lagoa

A área popularmente conhecida como “Lagoa do Taquaral” é um dos principais espaços de lazer da cidade de Campinas. Integrada no passado, a histórica Fazenda Taquaral – com 33 alqueires de área – foi transformado em Parque no ano de 1972, após aquisição pela Prefeitura Municipal das terras da família Alves de Lima. A área reúne uma ampla variedade de espaços recreativos, esportivos e culturais.

4) Prédio do Jockey Clube

Jockey

O Jockey Clube Campineiro é uma instituição centenária que remota ao período áureo do café. Sua sede foi inaugurada em 1925. O Jockey foi palco de festas, recitais de piano, violino e canto das famílias mais ricas da cidade. Sua arquitetura com fachadas e decoração interior inspirados nos palacetes parisienses do final do século 18, adota um estilo muito utilizado durante a década de 20.

5) Mercado Municipal

Mercado

O Mercado Municipal, conhecido como Mercadão, obra do arquiteto Ramos de Azevedo, está localizado na Praça Carlos Botelho, na região central de Campinas, e foi inaugurado em 12 de abril de 1908 pelo prefeito Orosimbo Maia. Na época da inauguração, passava pelo local a antiga estrada de ferro Funilense, transportando sacas de açúcar mascavo, fardos de arroz e feijão, entre outros produtos.

6) Escola de Cadetes

Cadetes

Fundada em 1967, a ESPCEX, foi cenário de culto das mais importantes tradições do Exército Brasileiro. O prédio, em estilo colonial espanhol, foi planejado e ministrado pelo arquiteto Ernani Do Val Penteado. Sua imponente instalação, cercada de muito verde, com amplos espaços e torres que se destacam na paisagem urbana. No dia 23 de Janeiro de 1959, a sua sede foi transferida de São Paulo para Campinas, e a partir de 1961, a Escola Preparatória de Cadetes de Campinas passou a ser a legítima confidente das tradições do ensino preparatório do Exército Brasileiro.

7) Torre do Castelo

Torre

A torre do bairro Castelo, localizada na Praça 23 de Outubro, foi construída entre o final da década de 1930 e o começo da década de 40. A torre está situada a aproximadamente 735 metros de altitude, e é um dos pontos mais altos do perímetro urbano, além também de possuir em seu topo um mirante que permite uma ampla visão de 360 graus de praticamente toda área urbana de Campinas.

Fonte: Viracopos (http://viracopos.com.br)

 

 

Acessos: 3694

As opiniões, hipóteses e conclusões ou recomendações expressas neste material são de

responsabilidade do(s) autor(es) e não necessariamente refletem a visão da FAPESP